Cibercultura, Eventos, Jornalismo, Mídia, Mercado

1º Seminário Internacional de Jornalismo Online

De 12 a 14 de junho de 2007, acontece em São Paulo, Brasil, o 1º Seminário Internacional de Jornalismo Online, organizado pelo MediaOn, que se define como um “fórum criado por jornalistas e profissionais da internet para debater os rumos de suas atividades e as tendências da informação no mundo digital”.

A programação e os participantes estão muito bem escalados! Para melhorar, o evento é gratuito e o local de muito fácil acesso. O debates acontecerão no Itaú Cultural, na Avenida Paulista, a principal via da cidade.

Corram porque as inscrições são limitadas e ela já acabaram para uma das oficinas do evento.

E aí? Quem vai? Quem vai? :-)

Dica do leitor e amigo Ricardo Senise.

About these ads
Padrão

12 comentários sobre “1º Seminário Internacional de Jornalismo Online

  1. Bom, não me referia especialmente a esses, mas também não vejo como um mal a participação deles. Afinal, todos são jornalistas escolados e já tiveram suas experiências profissionais com a web (algumas certas outras não, diga-se de passagem). No mínimo vamos ter versões diferentes sobre o assunto, o que é bom para qualquer discussão. Vide as ótimas “brigas” que temos nos Barcamps ao juntar jornalistas, engenheiros, sociólogos e afins todos discutindo jornalismo na web :-)

    Além do mais, eles poderão justamente contribuir contando sobre suas “vivências digitais” e o que isso mudou para eles, sendo eles justamente jornalistas da velha guarda.

  2. Oi!
    O Paulo Henrique Amorin e a Lilian Wite Fibe trabalharam com “Web TV” logo no começo da bolha da Internet (2000, 2001) e certamente que têm muito a dizer sobre as suas experiências.
    Trabalhei com ambos na TV Terra e pude ver de perto que são jornalistas muito competentes e com muita vontade de experimentar novas linguagens.
    Creio que as visões dos jornalistas da velha guarda não devem ser excluídas da arena, sob pena de tornar o debate raso demais.
    Bjs.

  3. Oi,

    acho que a Lilian e o Paulo Henrique Amorim têm tudo a ver com a internet e são até pioneiros. Nenhum outro dos figurões teve coragem de entrar fundo na onda de WebTV e convergência de mídias, tradicionalmente, não essa história de blogs e coletivos.

    O que eu acho engraçado são essas nomenclaturas de “primeiro seminário internacional” etc. É sempre o primeiro, é incrível. Deveriam colocar que é o primeiro da empresa que tá patrocinando ou organizando.

    Lembro que em 1999, eu já havia participado do “1º Seminário Internacional de Jornalismo Digital” ou algo assim. Vai ver trocaram o digital pelo online e agora é primeiro. Um ano depois, foi o “1º Congresso Internacional de Direito e Tecnologia”. Ainda hoje, 2007, de vez em quando aparece outro “primeiro” congresso, seminário, workshop etc.

    Deviam fazer que nem a PF, um nome legal para cada pseudo-seminário. Pelo menos seria motivo de conversa no bar.

  4. Boa, Rebêlo, muito bem observada a questão dos “primeiros”.

    O pior é que “de primeiro em primeiro” não se chega a lado nenhum. Ideal seria dar continuidade aos debates, retomar o que foi dito anos antes e tentar ver se houve evoluções, retrocessos, inovações, imprevistos etc – com os mesmos ou outros convidados, não importa, pelo menos assim tínhamos a sensação de que o debate aí no Brasil não parou no tempo…

  5. Oi, pessoal! Entendo a posição da Ana, e concordo que tem bastante gente preparada para o debate. Ao menos esse “primeiro” MediaOn já serviu para requentar uma idéia na lista “radinho”: a realização de um “newscamp”, espécie de “barcamp” jornalístico, coisa que o André de Abreu já havia sugerido. Creio que não vai demorar para que algo do gênero aconteça, hein?

  6. Pois é, Rebêlo, quando redigi o post eu tive esse déjà vu de já ter participando em tempos remotos de outros primeiros encontros de jornalismo on-line (rs). Vou vasculhar em casa meus certificados para ver se acho algo. Se não me falha a memória, houve um primeiro encontro de primeiros encontros no SENAC-SP, em plena bolha, 2000 ou 2001…

    Mas o que a Dani comentou é muito sério. Realmente não há um evento regular que discuta as implicações do jornalismo on-line, até, talvez, por não exisitir uma instituição, organização ou algum tipo de “aglomerado” que cuide de montar edições de eventos desse tipo a cada ano.

    Vamos ver se o MediaOn vá preencher essa lacuna. Aliás, alguém sabe ou conhece alguém que faça parte desse fórum de jornalistas e profissionais da web? Só ouvi falar dele devido a esse evento. Será que eles estão pensando em existir formalmente e mobilizar outras ações desse tipo?

  7. Então, gente, sigo pensando que tem gente, sim, MUITO MAIS em condições de falar de web do que eles.

    Não digo que a experiência deles seja nula. Mas me parece desprezível perto de gente que já nasceu dentro da cultura digital.

    Há uma dificuldade muito grande nesses coleguinhas jurássicos de entenderem a lógica da web que, muitas vezes, contraria TUDO o que eles fizeram até hoje na vida em TV e rádio, principalmente.

    Sem diminuir o puta conhecimento que eles têm em suas mídias de origem e o glamour que envolve seus nomes, não consigo achá-los os jornalistas MAIS APROPRIADOS para compôr um evento que se propõe a tanto – eles querem ser O PRIMEIRO, como o Rebello bem colocou.

    O nome é pomposo! E isso me faz esperar nomes, no mínimo, DA ÁREA.

  8. Um bom exemplo… O Encontro de Bloggers daqui de Portugal/Espanha já rodou 3 universidades, sempre levando o título de “segundo”, “terceiro” e assim por diante. O primeiro encontro foi no Minho, o segundo em Aveiro e o terceiro no Porto. O próximo deverá ser em Lisboa.

    A idéia é ir passando o bastão pra outra instituição para não sobrecarregar apenas uma entidade/universidade/empresa com a organização do evento, ano após ano. E quem organiza tem o compromisso de fazer alusão aos eventos anteriores.

    Para isso tudo, é preciso um espírito mais colaborativo (e menos competitivo!).

    Beijos.

  9. Exatamente, Dani! O problema é que não temos essa organização ou unidades organizadas para manter essa coerência.

    Aqui, em São Paulo, cada evento desses é organizado por uma instituição por iniciativa própria por pessoas que não conhecem ou conversam com as das outras instituições. Isso gera uma série de primeiros encontros de primeiros encontros.

    Os jornalista do digital, pelo menos em São Paulo, mais ou menos nos conhecemos todos como indíviduos, entretanto, não há uma unidade formal, como um grupo ou algo do gênero, que una esses profissionais e mantenha a continuidade de eventos como os desse tipo.

  10. André, tu me deste uma idéia:
    acho que vou criar o “Fórum Permanente sobre Jornalismo Digital do Intermezzo” e fazer uma reunião em casa, em São paulo, uma vez por ano. Tipo um churrasco ou festa americana.
    Mas quem estiver longe participa assistindo o streaming do fórum e enviando comentários por mail, Skipe etc.
    Depois todos os presentes ajudam a fazer a acta do fórum em plataforma Wiki.
    Publicamos as fotos no Flickr e os vídeos no YouTube.
    Jogamos posts no blog e lançamos informações também na lista de discussão.
    Assim fica mais web 2.0, não?

  11. Ótima a idéia de um fórum permanente. Sempre questiono o sumiço desses eventos, que ocorriam aos montes no início dessa década. Fui a vários, destinados a universitários, pesquisadores, jornalistas, entusiastas. Hoje, ninguém fala mais nisso. Um dos motivos, creio eu, é porque, na época, todos acreditavam que a web era a panacéia da salvação, a cura de todos os males, a máquina de fazer dinheiro. Prato cheio para os marqueteiros. O fim da bolha tornou a web desacreditada nos últimos anos, e não investiram mais no tema, como se a internet já tivesse esgotado tudo o que pode se discutir. Vejo, com bons olhos, um retorno dos fóruns e debates nos últimos anos – provavelmente em função dos novos hypes internéticos – e espero que continue assim.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s