Links 2014

Lições do ISOJ para inovar em jornalismo digital

Eduardo Suarez (@eduardosuarez), correspondente do El Mundo em Nova Iorque, publicou aqui o que ele chamou das “sete lições do ISOJ  para inovar em jornalismo digital”. Segue um resumo com meus breves comentários:

1. conhecer a sua audiência [digo eu: isso significa um mergulho profundo nos dados de acesso, uma capacidade de identificar padrões de navegação, o que (sejamos honestos) nem sempre é tarefa fácil para os jornalistas às voltas com as pautas do dia a dia];

2. a publicidade não é o único caminho [a conclusão dos participantes do congresso: é quase impossível financiar o jornalismo de qualidade somente com anúncios; mas então quais são os outros caminhos?];

3. não deixe de experimentar jamais [na minha visão, isso quer dizer um mindset "Agile", mentalidade ainda a ser construída nas Redações];

4. escolher um nicho [mesmo se for um meio jornalístico generalista, alguns temas merecem um perspectiva vertical, de fato];

5. o fim da televisão [não vejo isso acontecendo no Brasil a curto prazo];

6. a geração milênio [aqui temos um caminho a desbravar, é uma geração na qual eu prestaria a maior atenção];

7. menos notícias e muito mais contexto [sim, sempre, mas estamos a falar disso desde 1995 (lembram das previsões de Nora Paul feitas em 1995? :) Na minha dissertação de mestrado eu comentei cada uma delas].

Para saber mais sobre como foi o ISOJ, recomendo clicarem aqui: nohacefaltapapel

Padrão
Links 2014

Fugindo do “data porn”

Gustavo Faleiros e Chriss Cross.

Gustavo Faleiros (coordenador de projetos d’ O Eco, como o infoamazonia.org) e Chris Cross (designer de interação do The Guardian) partilharam ontem na Editora Abril suas experiências com geo-jornalismo e data viz. Para mim que lá estava, foi um alívio observar a importância que ambos conferem às narrativas jornalísticas. A fala dos dois deixou claro o seguinte: debaixo dos mapas, os dados; acima dele, a camada das histórias (com latitude e longitude bem marcadas). Sem histórias, o que nos resta? Dados amontoados e imagens com pouca provocação (apesar de lindíssimas). É o que Paul Bradshaw (@paulbradshaw) chamaria de data porn: “where journalists look for big, attention grabbing numbers or produce visualisations of data that add no value to the story”. Eu completaria: dados e visualizações que contam história alguma.

Padrão
Jornalismo, Links 2014, Mercado

15 links selecionados sobre publicadores e plataformas de gerenciamento de conteúdos (CMS)

Atualizado em 19/07/2013.

Compilo neste post alguns links que recolhi neste primeiro semestre de 2013 sobre publicadores e plataformas de gerenciamento de contéudos, chamados usualmente de Content Management Systemns (CMS).

São links aos quais já recorri (tenho um capítulo na tese doutoral dedicado ao assunto) e sei que contêm informações interessantes.

Vamos lá:

  1. Um evento de referência sobre o assunto: CMS Expo
  2. Os maiores publicadores: Top 10 Content Management Systems (CMS).
  3. Os publicadores mais populares: 50 Most Popular Content Management Systems.
  4. Livro sobre estratégias de gerenciamento de contéudo: Managing Enterprise Content: A Unified Content Strategy (2nd Edition).
  5. Livro recém-lançado sobre uso de semântica em CMSs: “Semantic Technologies in Content Management Systems: Trends, Applications and Evaluations
  6. CMS do ponto de vista da usabilidade. “11 usability principles for CMS products.”
  7. Comparativo interessante. Relatório IdealWare 2010: “Comparing Open Source CMS Report“.
  8. CMS do ponto de vista dos negócios. O enquadramento teórico está bem elaborado. Browning, Paul & Lowndes, Mike. (2011). “JISC TechWatch Report: Content Management Systems“.
  9. TendênciasA Closer Look At Chorus, The Next-Generation Publishing Platform That Runs Vox Media
  10. Sobre interfaces administrativasUser Experience Trends for Admin Dashboards
  11. CMS e jornalismo4 ways content management systems are evolving & why it matters to journalists
  12. Texto de Tiago Doria: Back-end do jornalismo deve estar em constante transformação
  13. O publicador do New York TimesIntroducing ICE: Writing for the Web First
  14. O publicador da BBCBBC News website’s content management and publishing systems
  15. O publicador do Guardian: How the Guardian’s custom CMS & API helped take content strategy to a traditional publisher
Padrão